PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

sábado, 18 de janeiro de 2014

POESIAS SENSUAIS - POESIA Nº 17 - ENTRE AFAGOS E PANELAS

Uma cena bem cotidiana... rs. 

ENTRE AFAGOS E PANELAS

Você tem um jeito
de me beijar na nuca
e me enlaçar pela cintura 
sempre que estou na cozinha
preparando nosso almoço ou jantar.
É o seu jeito de dizer:
quero te amar.

Nessas horas a fome passa,
a comida espera.
Você me acende 
e eu apago o fogo
(do fogão)
mas o meu não.

Brasa encoberta,
na hora certa,
me incendeio.
Calor intenso,
abro as janelas.
O amor acontece
à luz do dia,
enquanto na cozinha,
descansam
as panelas.


Angela Ramalho
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...