PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

terça-feira, 17 de setembro de 2013

A POESIA EM MIM


A poesia em mim
resiste.  

A poesia em mim
subsiste.

A poesia em mim
é forte laço.

A poesia é
nó que desembaraço.

A poesia nasceu comigo,
e não teve cortes,
como os de umbigo.

Não houve rompimentos,
atritos ou
desentendimentos.

A poesia em mim é clara,
é lucida
e é presente.

Embora fale de passado
ou anteveja o futuro,
a poesia é meu muro
de arrimo,
onde eu me aprumo.

A poesia
é a melhor parte de mim,
(desde o princípio).

E é de onde vejo
serenamente
e tranquilamente
o meu fim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...