PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

domingo, 27 de novembro de 2011

A MALDIÇÃO DO PRETINHO



        Toda mulher que se preze tem que ter um pretinho básico no guarda roupa. Peça “coringa” que se pode usar de todas as formas e é garantia de estar sempre chique. Minha sobrinha tem um pretinho que é por demais de estiloso e por isso mesmo é seu preferido para fazer bonito nos eventos sociais.
        Mudando alguns acessórios aqui e ali, rapidinho ele adquire ar de coisa nova. Tá certo que a modelo ajuda, tudo bem que minha sobrinha é linda, mas o pretinho casa bem com tudo e é sempre o seu eterno companheiro em todos os convites de casamento que recebe.
        Mas de uns tempos para cá, um certo mistério envolve o seu estiloso pretinho. Minha sobrinha andou observando que ele não dá sorte! É só ir com ele nos casamentos que é batata: em pouco tempo o casal de pombinhos se separa! Foi assim no primeiro casamento, no segundo e o caso se repetiu agora em um casamento que acabou de ser desfeito. Detalhe: ela compareceu na cerimônia com o pretinho!
        Até parece piada, mas uma estranha maldição envolve o vestido preto que está lá, no guarda roupa, aguardando a próxima festa. Se for de casamento, andam pensando em sumir com o dito cujo do guarda roupa e já se falou até em presenteá-la com outro vestido igualmente elegante e que não seja assim tão desmancha prazeres. Mas caso ela resolva vestir o pretinho, é certo que será barrada na festa. 
         Eu, se fosse a noiva, não pensava duas vezes!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...