PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

terça-feira, 15 de março de 2011

Não sou Patrícia mas sou Poeta
 CRÔNICA DO DIA
By Angela Ramalho


CONTO DE FADAS ÀS AVESSAS

            E tanta coisa cabia naquele seu olhar descabido. Eu tentando entender e sem contudo, haver explicação. O silêncio, as entrelinhas e um mundo de interrogações a decifrar. Quem vai entender o que nunca foi dito, a ausência de conflitos, a sensação de normalidade que havia entre nós?
            Vivíamos como se nos bastássemos a nós mesmos. Nada que viesse do mundo real poderia atrapalhar o casal ideal. Parecia que havíamos nascido um para o outro, tanta era a sintonia. Foram anos de entendimento, de sensações indescritíveis, de sentir-se amada e amando. E me parecia tudo tão bom!
            Mas como em toda história de amor, chegamos ao “The end”. C’est fini. Acabou. E não fomos felizes para sempre. A carruagem não virou abóbora, nem o príncipe virou sapo. Apenas a ficha caiu. Ninguém vive de sonhos e quando se acorda, a realidade é bem mais cruel.
            Mas agora vejo o que antes não via: meu conto de fadas já nasceu meio capengando, carecia de mais fundamento. E de mais a mais, ele não tinha cara de príncipe e muito menos eu tenho vocação para Cinderela. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...