PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

AS ROSAS DO REI

Não sou Patrícia mas sou Poeta
    CRÔNICA DO DIA
        By Angela Ramalho

Junho de 1981. Grávida de cinco meses, fui a um show do Roberto Carlos.  Na hora marcada, eu e mamãe ocupamos nossos lugares na segunda fila.  Antes de iniciar, duas senhoras nos pediram gentilmente que desocupássemos aqueles lugares, pois eram delas. Olhei no canhoto do meu ingresso o número da cadeira e da fila. Batia. O da minha mãe idem. As duas foram enfáticas: queremos sentar aqui!
Um dos organizadores foi chamado e concluiu que, por erro gráfico, foram vendidos dois bilhetes iguais. Olhei bem nos olhos dele e disse: Estou grávida, não posso passar nervoso. Ninguém me tira daqui! Meio a contragosto, as duas senhoras foram ajeitadas na fila seguinte, de onde nos olharam feio o tempo todo!
O show começou e entre uma música e outra, o Rei me olhou discretamente. Será que eu ví direito? Devo estar sonhando, pensei.  Mas percebí que não era sonho, quando logo em seguida, ele cantou: “Eu vi a mulher preparando, outra pessoa, o tempo parou prá eu olhar para aquela barriga”. Nesse momento, “Ele” deu aquela tradicional viradinha de microfone e me apontou! Quase desmaiei de emoção! O ginásio inteiro me olhando e o Rei cantando “Força Estranha” prá mim! 
Ao final do show, fui para perto do palco pegar uma rosa. Levei pisão de pé, empurrão e tudo o mais que tinha direito. Mas “Ele” veio bem pertinho, beijou a rosa vermelha e me deu! Ao abaixar a mão, outras dez mãos voaram na direção da “minha” rosa. “É minha!”, berrei loucamente, mas dela restaram poucas pétalas. 
Chorando pela rosa perdida (grávida chora por tudo) o show acabou para mim. Hoje, passados trinta anos, continuo amando o Rei de paixão! Afinal, são tantas emoções!

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...