PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

sábado, 5 de julho de 2014

NOVO LIVRO INFANTO-JUVENIL

ESCREVENDO PARA CRIANÇAS PARTE 2 é uma série deste blog que apresenta no link abaixo o conto "Entendendo as pessoas grandes". Muitas vezes coloco no blog textos que funcionam como "testes" para verificar o gosto popular. Pois bem. Essa é a postagem mais lida do blog (vejam nas "Postagens Populares", que ela aparece em primeiro lugar) e conta atualmente com aproximadamente 1300 leituras.

O conto fala de um menino (Pedrinho) que via, muitas vezes, a professora colocar os alunos de castigo "para pensar" num cantinho da sala. Por mais que se esforçasse, Pedrinho não entendia aquilo, pois ele conseguia pensar em tudo, sem precisar ficar (separado) num canto da sala. Essas e outras contradições dos adultos deixavam Pedrinho intrigado, a ponto dele constantemente se perguntar: - Será que um dia vou entender as pessoas grandes?

Esse conto deu nome ao meu próximo livro infanto-juvenil que está em fase final de edição.

Pedrinho mudou de nome. Ponderei que seria melhor chamá-lo de Paulinho, pois já tenho um Pedrinho na família (um de meus sobrinhos-netos) e as pessoas costumam achar que "tudo" o que escrevemos é autobiográfico (e nem sempre é assim). Acrescentei mais contos, sempre com Paulinho na narrativa e terminando com a mesma pergunta questionadora. 

Nos demais contos selecionei outras posturas dos adultos em relação às crianças, abordando temas tão questionadores quanto. As incoerências percebidas no comportamento dos adultos (em relação às crianças) e como elas são percebidas na visão dos pequenos, renderam textos que falam sobre questões escolares, educação familiar, preconceito, religiosidade, entre outros. 

Neste livro pude inserir muitas coisas que vivi e presenciei nos mais de 30 anos atuando como Pedagoga, mas também relato experiências do dia a dia, observando o comportamento de mães em relação aos filhos. O livro adquiriu um caráter didático-pedagógico e não o indicaria somente para crianças e adolescentes, mas também para educadores, pais, pedagogos e professores. Outro caráter pedagógico do livro é que  apenas a capa será colorida. As ilustrações sairão em P&B para que as próprias crianças realizem a pintura.

Valorizando o artista maringaense, escolhi para ilustrar o livro a competente ilustradora (e também escritora), Maria Cristina Vieira, que sob encomenda desenhou 13 ilustrações (uma para cada conto) e a capa. Abaixo apresento a vocês  a capa (ainda não oficial) e a querida amiga ilustradora.


Modelo de capa apresentado à editora



Ilustrações feitas por Maria Cristina Vieira
Conto que deu nome ao livro:
http://naosoupatriciamaissoupoeta.blogspot.com.br/2012/02/escrevendo-para-criancas-parte-2.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...