PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

domingo, 26 de outubro de 2014

QUE VENHA A 2ª FLIM!



De 21 a 25/10, no Centro de Convivência Renato Celidônio (em frente ao Paço Municipal) aconteceu a 1ª FLIM - Festa Literária de Maringá, evento esperado e almejado por todos os que lidam com a arte da escrita no Município.  Tendo como autores homenageados Lygia Fagundes Telles, Ziraldo e o nosso amado e premiado trovador, A.A. de Assis, a festa foi primorosa em muitos aspectos! Tivemos debates, palestras, bate papo com escritores, shows, fóruns de leitura e ensino de literatura, espetáculos teatrais, contações de histórias, tapetes de leituras, tudo isso acontecendo simultaneamente, num burburinho cultural como nunca se viu nessas bandas!

Por aqui passaram Ziraldo, o Secretario de Cultura do Paraná, Paulino Viapiana, o Diretor da BPP – Biblioteca Pública do Paraná, Rogério Pereira, Fábio Sombra (Rio de Janeiro) falando sobre cordel, o premiado José Roberto Torero e André Kondo, Marcos Peres e Oscar Nakasato, Milton Hatoum, Ligia Guerra e Augusto Cury.

Dos nomes da terrinha, constaram da programação oficial Airton Donizete (Jornalista), Alexandre Gaioto (Jornalista), Alexis G. Kotsifas (Advogado), Alice Áurea Penteado Martha (Professora UEM), Angela Regina Ramalho Xavier (Professora/Escritora/Blogueira), Antonio Mestriner (Médico/Palestrante), Antonio Roberto de Paula (Jornalista/Escritor), Benevides Garcia (Professor/Escritor), Christopher Bueno Neto e Barbara Barros (apresentando a obra de seus pais), Cibele Santos, Danilo Furlan, Felipe Catarim Fabiano (debutando nas letras), Humberto Kotsifas (advogado), Jeanette de Cnop (Professora/Escritora), João Laércio Lopes Leal (Historiador), Lu Oliveira (Professora/Escritora, Blogueira), Marco Hruschka (Professor/Escritor), Marcelo Bulgarelli (Jornalista), Marcos Peres (Servidor Público/Escritor), Miguel Fernando Peres Silva (Editor/Escritor), Milton Ravagnani (Jornalista), Nelson Alexandre (Escritor), Oscar nakasato (Professor/Escritor), Paulo Campagnolo (Dramaturgo, ator e diretor), Paulo Petrini (Professor/Produtor cultural), Roberta Fernandes (Artista Plástica), Roberth Fabris (Professor/Escritor), Rogério Recco (Jornalista/Escritor), Rosane Ornellas ( Artista Plástica), Vera Lucia Favero Margutti (Psicopedagoga/Escritora), Vitor Paulo Pereira Junior (Desenhista/Escritor), Welington Vilanova (Historiador/Pesquisador), Wilame Prado (Jornalista/Cronista) e Ulisses Maia (Advogado/Escritor).

O que posso dizer da FLIM? Emocionei-me na abertura. Evento mais que esperado, Maringá nos devia isso, não só a mim, mas a todos os escritores! Maringá devia isso a seu povo! Já havia movimento literário na cidade sinalizando que a FLIM era questão de tempo. E ela veio linda! Para mim, grandiosa até demais! Confesso que eu esperava um evento não nessas proporções! Surpreendeu-me mais uma vez a equipe da Secretaria de Cultura.

Participei da FLIM como escritora, lançando dois livros (Traços e Entendendo as Pessoas Grandes), mas em parceria com a editora, ilustradora e também escritora, Maria Cristina Vieira atuamos como expositores, coordenando as atividades do estande da Editora Flor do Brasil. Nesse estande, participaram conosco 14 escritores sendo 10 de Maringá, 02 de São Paulo, 01 do Rio de Janeiro e 01 da Inglaterra. Assumimos o compromisso de divulgar um escritor por período (manhã, tarde e noite), além de expor as obras de todos os participantes à venda.

Literalmente, morei na praça. Atuava das 8h as 12h no estande, das 13:30 às 18h dava aulas e das 18:30 às 21h voltava ao estande para mais uma jornada na FLIM. Fiz uma agenda dos eventos que gostaria de ver e/ou participar, mas não consegui cumpri-la. O movimento no estande, os contatos, as trocas, os reencontros, os abraços, as fotos para as redes sociais, as rodas de amigos, o café cappuccino da Cocamar quentinho e saboroso, nunca saboreado solitariamente, roubou-me do roteiro pré-agendado. No entanto cresci em conhecimento, em amizades, em referências de afeto.

A FLIM se foi e já quero a segunda! E para a segunda não faltarão ideias: o que não foi bom, o que precisa ser mudado e/ou aperfeiçoado. A meu ver, pouca coisa: mais divulgação do evento, aperfeiçoar o sistema de público direcionado (nessa 1ª edição houve falhas); aperfeiçoar o sistema de inscrições pelo site (também houve falhas). Foram essas as queixas que ouvimos e endossamos.

Em compensação, tivemos muitos pontos positivos: a infraestrutura oferecida, a segurança do local; a internet funcionando sem problemas, uma programação infantil de tirar o chapéu, vendas que superaram as expectativas, contatos que renderam contratação de serviços, tais como: edição, revisão ortográfica, entre outros; convites para participações em outras feiras literárias no estado, enfim: os pontos positivos superam os negativos, de modo que o saldo nos foi muito favorável! Que venha a 2ª FLIM! Maringá e seus literatos agradecem!

Escritora homenageada: Lygia Fagundes Telles




Escritor homenageado: Ziraldo


Patrono: A. A. de Assis







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...