PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

MARINGÁ GANHA CONSELHO DE EDITORAÇÃO



Vereador Dr. Heine Macieira autor do Projeto
Maringá vai ganhar um Conselho Municipal de Editoração.  A iniciativa - louvável por sinal - partiu do Vereador Dr. Heine Macieira (foto), autor do Projeto de Lei nº 12.006/2011, aprovado pela Câmara de Vereadores.
Segundo informou a Secretária Flor Duarte, o conselho já é lei, mas ainda não foi regulamentada. Depois disso, falta  ainda alguns detalhes burocráticos, tais como: convidar os membros que farão parte do Conselho Editorial (os mesmos já foram indicados pelo Conselho de Cultura), nomeá-los e fazer a suplementação orçamentária. Assim que forem concluídos os procedimentos burocráticos, o órgão passará a funcionar efetivamente e os escritores nascidos em Maringá ou que residirem no município há mais de dois anos, devem ficar atentos aos prazos para envio de material.
Os autores que se interessarem em submeter seus textos à análise do Conselho Municipal de Editoração devem:
a)    Endereçar carta à Secretaria Municipal de Cultura, solicitando apoio;
b)    Informar na solicitação se desejam editar ou reeditar;
c)    Enviar textos já revisados gramaticalmente;
d)    Enviar textos apenas em cópia impressa;
e)    Anexar dados biográficos, endereço completo, fone e email;

Achei excelente o projeto e parabenizo o Vereador Dr. Heine Macieira, a Secretária Flor Duarte (foto) e creio que esta iniciativa será um divisor de águas em Maringá. Existe um ditado que diz: “santo de casa não faz milagres” e muitas pessoas não acreditam nem valorizam as produções literárias locais, o que obriga aqueles que gostam de escrever (como eu e muitos outros autores), a bancarem suas produções em gráficas locais ou em editoras gráficas (como muitas que existem na internet).
O fato de passar pela análise de um Conselho Editorial dará mais credibilidade ao texto, que já sai com o aval da Secretaria Municipal de Cultura, o que equivale dizer que o trabalho é de qualidade.    
            Era disso que os escritores de Maringá precisavam!
Secretária de Cultura Flor Duarte

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...