PATRÍCIA é jornalista e assina POETA. Eu sou ANGELA, Pedagoga e assino RAMALHO (o que não deixa de ter também a sua poesia). Fico pensando como seria divino assinar "Poeta" depois do nome. Até fiz uma poesia sobre isso! Esse blog é um espaço onde brinco com as palavras, fazendo aquilo que gosto. E o que eu gosto mesmo é de fazer poesias! Portanto, embora não seja PATRÍCIA, eu sou POETA!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

COMO DESTRUIR UM AMOR

Este texto está em 3º lugar com 272 leituras
 

COMO DESTRUIR UM AMOR
(ou como reconhecer um troglodita em sete passos)



1. Submeta o seu amor a longas ausências. Viagens curtas acirram o amor, viagens longas fazem-no morrer. Estando longe, mantenha o celular sempre na caixa postal. Assim, mesmo que tente, ela não vai conseguir falar com você.

2. Ao utilizar o MSN, mude o seu “status” para “ocupado” e à qualquer tentativa de comunicação da outra parte, responda com evasivas ou não responda. Afinal, você está ocupado. Você é um homem muito ocupado.

3. Tenha olhos somente para o seu trabalho ou quando muito, para a sua família. Os demais, terão a honra de merecer um pouco da sua atenção quando você realmente não tiver nada para fazer e isso meu caro, é coisa rara. VOCÊ ESTÁ SEMPRE MUITO OCUPADO!

4. Quando, finalmente você se dignar a viajar para ver sua namorada (se é que ela ainda queira ser sua namorada) chegue mal humorado, desconte nela sua insatisfação por ter fechado poucos contratos na semana ou por algum problema sério ocorrido na família.

5.
Nem queira saber se ela o esperava com ansiedade, se estava com saudades e se aguardava ser recebida com beijos e abraços. Esses arroubos de romantismo estão fora de moda. Coisa de gente que vive com a cabeça nas nuvens, fazendo poesia. Homem que é homem tem que ter uma boa pegada e só.

6.
E quando estiver na casa da sua namorada, passando um final de semana, "grude" no computador o tempo todo, "trabalhando", fazendo "pesquisas", mas com o MSN ligado e sendo chamado a todo instante por loiras e morenas.  

7. Para finalizar, deixe sua namorada livre. Diga para ela sair nos finais de semana e divertir-se (desde que o avise quando sair). Quem sabe assim, ela arrume outro (se é que já não arrumou) e lhe coloque um belo par de chifres. 

Ah, e não reaja com ignorância se isso merecidamente acontecer. Ainda tem muito homem romântico por aí, capaz de reconhecer o verdadeiro valor de uma mulher.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...